quarta-feira, 12 de junho de 2013

Meninas!! Olha só que dica boa, sobre semijoias banhadas e folheadas


Usar joias de ouro e prata sempre esteve na moda, e essa é uma coisa que nunca vai deixar de estar. Porém esse é um tipo de artigo caro, e é muito difícil achar uma joia por um preço acessível. Para acabar com esse problema foram inventadas as semijoias, que não são de ouro ou prata puro, mais são revestidos por eles.
Porém quando a questão é semijoias existem dois tipos: as banhadas e as folheadas. Muitas pessoas acham que não, mais existe uma diferença entre elas.
As peças folheadas consistem em mergulhar um metal-base em uma solução de sais de ouro e ligá-lo à uma corrente elétrica. Ao lado dele, mergulha-se uma barra de ouro ligada ao outro pólo de corrente elétrica, que tem, nessas condições, a propriedade de transportar o ouro pelo líquido e depositá-lo sobre a peça a ser dourada.
A espessura desta camada dependerá do tempo de douração (ficar dourada). Uma boa douração tem a espessura de 0,02 mm ou 20 microns. Peças que possuem uma espessura inferior a 5 microns são consideradas populares e de qualidade duvidosa.
Já as banhadas são feitas geralmente de cobre e depois recebem apenas um banho de ouro e por isso perdem a cor. Agora a diferença é que a semijoia banhada recebe apenas um banho, e a semijoia folheada recebe vários banhos o que torna a peça banhada mais frágil.

#Toque Xique





Nenhum comentário:

Postar um comentário